Cifonauta banco de imagens de biologia marinha
Tour:

Plâncton: pequenos gigantes RSS

Plâncton: pequenos gigantes

<p>Embora geralmente pequenos em tamanho, os seres planctônicos são verdadeiros gigantes em importância. Base das cadeias alimentares marinhas, o plâncton (do grego <em>planktós</em>, errante) compreende uma diversidade fantástica de organismos uni e multicelulares que vivem dispersos na água. Essa comunidade é composta em grande parte por seres com menos de 0,01 mm a poucos centímetros, mas existem exceções marcantes como as águas-vivas e a caravela-portuguesa, que podem atingir metros de comprimento. Muitos nadam bem, mas não o suficiente para vencer a força das águas. Por isso, eles vagam livremente, sendo transportados pelas correntes marinhas.</p> <p>Além de pequenos, os planctontes são também transparentes ou translúcidos, e passam facilmente despercebidos por nós ― observá-los exige o uso de microscópios e aparatos especiais de captura, as redes de plâncton. Contudo, eles são muito abundantes e se reproduzem com uma rapidez incrível. Um litro de água do mar pode conter dezenas de milhares desses pequenos organismos. Muitos deles são produtores primários, isto é, realizam fotossíntese, e são denominados de <em>fitoplâncton</em>. Os fitoplanctontes, que incluem vários grupos de "microalgas", vivem apenas nas camadas superiores e iluminadas dos oceanos. Produzem grande parte do oxigênio atmosférico, além de servir como alimento para uma parcela do plâncton incapaz de obter energia diretamente da luz do sol e que depende deles para sobreviver, o <em>zooplâncton</em>. </p> <p>Além de se alimentarem de fitoplâncton, as espécies de zooplâncton podem consumir bactérias e material orgânico particulado. E, por sua vez, servem de alimento para organismos maiores, incluindo outras espécies de zooplâncton, peixes e até baleias.</p> <p>Muitos organismos passam todo o seu ciclo de vida no plâncton, como os unicelulares e espécies de invertebrados: copépodes, moluscos, crustáceos, poliquetas etc. Mas a comunidade planctônica é composta também pelas larvas de invertebrados e de certos peixes, cujos adultos habitam o fundo do mar ou a coluna de água (veja o tour <a href="/web/20130606133023/http://cifonauta.cebimar.usp.br/tour/larvas-marinhas/">Larvas Marinhas</a>). </p> <p>Os seres do plâncton vivem em um mundo fisicamente diferente do que estamos acostumados. Nesse meio, a força da viscosidade da água impera sobre os seus corpos microscópicos, que têm "dificuldade" para se deslocar. Para entender melhor esse fenômeno, imagine-se em uma piscina de melado, onde só é possível nadar ou mexer qualquer parte de seu corpo em câmara lenta. É neste tipo de ambiente que os organismos planctônicos obtêm alimento e se reproduzem há milhões de anos.</p>

Ficha Técnica

  • Número de imagens: 0
  • Data de criação: 3 de Novembro de 2011 às 23:28
  • Última modificação: 30 de Outubro de 2016 às 18:21
  • Táxons representados:
  • Marcadores presentes:
  • Número de visitas: 1629