Cifonauta banco de imagens de biologia marinha
Tour:

Plâncton: pequenos gigantes RSS

Cifozoário
Cifozoário
Medusa.

Cifozoário

Medusa.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Phyllorhiza punctata
Tamanho: 10 - 100 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, água-viva, macrofotografia, cebimar-usp, adulto
Medusa recém liberada
Medusa recém liberada

Medusa recém liberada

Autores: Alberto Lindner, Alvaro E. Migotto
Táxon: Clytia linearis
Tamanho: 1,0 - 10 mm
Local: Pier Petrobras, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: campo escuro, cebimar-usp, bentônico
Plâncton
Plâncton
Vista geral de uma amostra de plâncton vivo, em estereomicroscópio.

Plâncton

Vista geral de uma amostra de plâncton vivo, em estereomicroscópio.

Autor: Alvaro E. Migotto
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Copépode
Copépode

Copépode

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Macrosetella gracilis
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Copépode
Copépode

Copépode

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Calanopia americana
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Camarão sergestídeo
Camarão sergestídeo

Camarão sergestídeo

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Lucifer faxoni
Tamanho: 1,0 - 10 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Poliqueta holoplanctônico
Poliqueta holoplanctônico

Poliqueta holoplanctônico

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Tomopteris
Tamanho: 1,0 - 10 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Larva coronada
Larva coronada

Larva coronada

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Watersipora subtorquata
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Ponta do Jarobá, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: lecitotrófica, larva, dic, planctônico, cebimar-usp
Ciliado tintinídeo com lórica hialina
Ciliado tintinídeo com lórica hialina

Ciliado tintinídeo com lórica hialina

Autor: Inácio Domingos da Silva Neto
Táxon: Xystonellopsis heros
Tamanho: <0,1 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: dic, unicelular, planctônico, cebimar-usp
Ciliado tintinídeo com lórica hialina
Ciliado tintinídeo com lórica hialina
Variação na forma da lórica

Ciliado tintinídeo com lórica hialina

Variação na forma da lórica

Autor: Inácio Domingos da Silva Neto
Táxon: Favella ehrenbergii
Tamanho: <0,1 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: mev, unicelular, planctônico, cebimar-usp
Dinoflagelado
Dinoflagelado

Dinoflagelado

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Ceratium
Tamanho: <0,1 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: fitoplâncton, dic, unicelular, planctônico, cebimar-usp
Cifozoário
Cifozoário
Medusa adulta - O caranguejo-aranha Libinia ferreirae passa parte da vida alojado no corpo da água-viva Lychnorhiza lucerna.

Cifozoário

Medusa adulta - O caranguejo-aranha Libinia ferreirae passa parte da vida alojado no corpo da água-viva Lychnorhiza lucerna.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxons: Lychnorhiza lucerna, Libinia ferreirae
Tamanho: 10 - 100 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, simbiose, água-viva, macrofotografia, cebimar-usp, adulto
Cifozoário
Cifozoário
Medusa adulta

Cifozoário

Medusa adulta

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Mastigias papua
Tamanho: 1,0 - 10 mm
Local: Seto fishing port, Shirahama, Japão
Marcadores: planctônico, seto marine biological laboratory, cnidarian tree of life project, água-viva, macrofotografia
Hidromedusa
Hidromedusa

Hidromedusa

Autores: Alvaro E. Migotto, Valquíria B. Tronolone
Táxon: Leuckartiara
Tamanho: 10 - 100 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, água-viva, macrofotografia, cebimar-usp
Hidromedusa
Hidromedusa
Medusa adulta.

Hidromedusa

Medusa adulta.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Liriope tetraphylla
Tamanho: 1,0 - 10 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, água-viva, macrofotografia, cebimar-usp
Hidromedusa
Hidromedusa
Medusa adulta. A água-viva Olindias sambaquiensis é comum no litoral Sudeste, sobretudo nos meses de inverno e primavera. É conhecida dos banhistas pelo colorido vívido e pelos tentáculos urticantes.

Hidromedusa

Medusa adulta. A água-viva Olindias sambaquiensis é comum no litoral Sudeste, sobretudo nos meses de inverno e primavera. É conhecida dos banhistas pelo colorido vívido e pelos tentáculos urticantes.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Olindias sambaquiensis
Tamanho: >100 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, água-viva, macrofotografia, cebimar-usp
Copépode simbionte de invertebrado planctônico
Copépode simbionte de invertebrado planctônico
O copépode S. angusta vive na cavidade do corpo do tunicado planctônico Thalia democratica, se alimientando dos tecidos do hospedeiro, o que pode causar sua morte.

Copépode simbionte de invertebrado planctônico

O copépode S. angusta vive na cavidade do corpo do tunicado planctônico Thalia democratica, se alimientando dos tecidos do hospedeiro, o que pode causar sua morte.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxons: Thalia democratica, Sapphirina angusta
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: parasita, cebimar-usp, simbiose, planctônico, campo escuro, planctotrófica, adulto
Larva megalopa
Larva megalopa

Larva megalopa

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Portunidae
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Anfípoda planctônico
Anfípoda planctônico

Anfípoda planctônico

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Hyperiidae
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Copépode
Copépode
Casal em cópula.

Copépode

Casal em cópula.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Corycaeus giesbrechti
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Ostracoda
Ostracoda

Ostracoda

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Ostracoda
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Ctenóforo
Ctenóforo
Exemplar adulto.

Ctenóforo

Exemplar adulto.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Bolinopsis vitrea
Tamanho: 10 - 100 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, macrofotografia, cebimar-usp, adulto
Larva veliger
Larva veliger

Larva veliger

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Gastropoda
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, dic, planctônico, cebimar-usp
Protozoário planctônico
Protozoário planctônico

Protozoário planctônico

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Sticholonche zanclea
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: dic, unicelular, planctônico, cebimar-usp
Zoantina - larva de zoantídeo
Zoantina - larva de zoantídeo
Os zoantídeos são conhecidos por produzirem dois tipos de larvas. As zoantelas são larvas cilíndricas e alongadas que possuem uma banda ciliar longitudinal. As zoantinas têm corpo ovalado ou ligeiramente alongado, com uma banda ciliar equatorial. Estas últimas estão presentes nas espécies dos gêneros Isaurus e Zoanthus.

Zoantina - larva de zoantídeo

Os zoantídeos são conhecidos por produzirem dois tipos de larvas. As zoantelas são larvas cilíndricas e alongadas que possuem uma banda ciliar longitudinal. As zoantinas têm corpo ovalado ou ligeiramente alongado, com uma banda ciliar equatorial. Estas últimas estão presentes nas espécies dos gêneros Isaurus e Zoanthus.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Zoanthidea
Tamanho: >100 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: larva, campo escuro, cebimar-usp, bentônico, costão rochoso
Camarão sergestídeo
Camarão sergestídeo

Camarão sergestídeo

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Lucifer faxoni
Tamanho: 1,0 - 10 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Larva de ofiuróide - ofioplúteus
Larva de ofiuróide - ofioplúteus

Larva de ofiuróide - ofioplúteus

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Ophiuroidea
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, dic, planctônico, cebimar-usp
Ciliado tintinídeo com lórica hialina
Ciliado tintinídeo com lórica hialina

Ciliado tintinídeo com lórica hialina

Autor: Inácio Domingos da Silva Neto
Táxon: Favella ehrenbergii
Tamanho: <0,1 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: dic, unicelular, planctônico, cebimar-usp
Ciliado tintinídeo com lórica aglutinante
Ciliado tintinídeo com lórica aglutinante

Ciliado tintinídeo com lórica aglutinante

Autor: Inácio Domingos da Silva Neto
Táxon: Tintinnopsis tocantinensis
Tamanho: <0,1 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: mev, unicelular, planctônico, cebimar-usp
Ciliado
Ciliado

Ciliado

Autor: Inácio Domingos da Silva Neto
Táxon: Hemicyclostina marina
Tamanho: <0,1 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: unicelular, planctônico, campo claro, cebimar-usp
Larva veliger
Larva veliger

Larva veliger

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Gastropoda
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Larva pelagosfera
Larva pelagosfera
Denominadas pelagosferas, as larvas de muitas espécies de sipuncúlidos são transparentes e nadam livres na água por meses antes de se transformarem no adulto, que tem aspecto vermiforme e vive enterrado na areia ou lodo.

Larva pelagosfera

Denominadas pelagosferas, as larvas de muitas espécies de sipuncúlidos são transparentes e nadam livres na água por meses antes de se transformarem no adulto, que tem aspecto vermiforme e vive enterrado na areia ou lodo.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Sipunculidae
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Larva de poliqueta
Larva de poliqueta

Larva de poliqueta

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Chaetopterus
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Larva de poliqueta
Larva de poliqueta

Larva de poliqueta

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Terebellidae
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Poliqueta epítoco com massa de ovos presa ao ventre
Poliqueta epítoco com massa de ovos presa ao ventre

Poliqueta epítoco com massa de ovos presa ao ventre

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Proceraea
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Dinoflagelado
Dinoflagelado

Dinoflagelado

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Ceratium
Tamanho: <0,1 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: fitoplâncton, dic, unicelular, planctônico, cebimar-usp
Água-viva
Água-viva
Medusa recém liberada.

Água-viva

Medusa recém liberada.

Autores: Alvaro E. Migotto, Luciana Paes de Andrade
Táxon: Hebella furax
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Saco Grande, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, água-viva, cebimar-usp, bentônico, epibionte, costão rochoso
Quetognato
Quetognato

Quetognato

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Flaccisagitta enflata
Tamanho: 1,0 - 10 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Ciliado tintinídeo com lórica hialina
Ciliado tintinídeo com lórica hialina

Ciliado tintinídeo com lórica hialina

Autor: Inácio Domingos da Silva Neto
Táxon: Ascampbelliella aperta
Tamanho: <0,1 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: dic, unicelular, planctônico, cebimar-usp
Copépode com parasita
Copépode com parasita

Copépode com parasita

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxons: Acartia, Isopoda
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: parasita, planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Copépode
Copépode

Copépode

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Copilia mirabilis
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Copépode
Copépode

Copépode

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Acartia lilljeborgii
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Heteropod - marine free-swimming gastropod
Heteropod - marine free-swimming gastropod

Heteropod - marine free-swimming gastropod

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Atlanta peronii
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: dic, planctônico, cebimar-usp, adulto
Pteropod mollusk
Pteropod mollusk

Pteropod mollusk

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Limacina lesueuri
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Hidromedusa
Hidromedusa

Hidromedusa

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Eucheilota paradoxica
Tamanho: 1,0 - 10 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Dinoflagelado
Dinoflagelado

Dinoflagelado

Autor: Inácio Domingos da Silva Neto
Táxon: Protoperidinium
Tamanho: <0,1 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: unicelular, planctônico, campo claro, cebimar-usp
Hidromedusa
Hidromedusa
Medusa recém liberada.

Hidromedusa

Medusa recém liberada.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Ectopleura obypa
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: CEBIMar, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: dic, planctônico, água-viva, cebimar-usp
Larva de poliqueta
Larva de poliqueta

Larva de poliqueta

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Polynoidae
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Cifozoário
Cifozoário

Cifozoário

Autor: Marcelo Visentini Kitahara
Táxon: Chrysaora lactea
Tamanho: >100 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, água-viva, cebimar-usp, adulto
Larva de poliqueta
Larva de poliqueta

Larva de poliqueta

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Magelonidae
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Plâncton
Plâncton
Vista geral de uma amostra de plâncton vivo, em estereomicroscópio.

Plâncton

Vista geral de uma amostra de plâncton vivo, em estereomicroscópio.

Autor: Alvaro E. Migotto
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Hidróide tubulariídeo
Hidróide tubulariídeo
Larva actínula.

Hidróide tubulariídeo

Larva actínula.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Acharadria crocea
Tamanho: 1,0 - 10 mm
Local: Yacht Club de Ilhabela, Ilhabela, SP, Brasil
Marcadores: larva, substrato artificial, campo escuro, cebimar-usp, bentônico
Cubozoário
Cubozoário
Medusa adulta.

Cubozoário

Medusa adulta.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Carybdea mora
Tamanho: 1,0 - 10 mm
Local: Seto fishing port, Shirahama, Japão
Marcadores: planctônico, seto marine biological laboratory, cnidarian tree of life project, água-viva, macrofotografia
Ctenóforo
Ctenóforo
Larva cidipídia.

Ctenóforo

Larva cidipídia.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Mnemiopsis leidyi
Tamanho: 1,0 - 10 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: larva, planctônico, macrofotografia, cebimar-usp
Larva cifonauta
Larva cifonauta
Um dos tipo de larva dos briozoários, invertebrados marinhos coloniais e sésseis. A cifonauta passa semanas na coluna d'água até se fixar em algum substrato, como rochas ou algas. Em seguida, ela sofre metamorfose para a forma adulta originando assim uma nova colônia.

Larva cifonauta

Um dos tipo de larva dos briozoários, invertebrados marinhos coloniais e sésseis. A cifonauta passa semanas na coluna d'água até se fixar em algum substrato, como rochas ou algas. Em seguida, ela sofre metamorfose para a forma adulta originando assim uma nova colônia.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Ectoprocta
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, dic, planctônico, cebimar-usp
Ctenóforo
Ctenóforo
Exemplar adulto.

Ctenóforo

Exemplar adulto.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Mnemiopsis leidyi
Tamanho: 10 - 100 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, macrofotografia, cebimar-usp, adulto
Copépode
Copépode

Copépode

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Thaumatopsyllidae
Tamanho: <0,1 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Copépode
Copépode
Fêmea

Copépode

Fêmea

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Centropages velificatus
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, campo escuro, cebimar-usp, adulto
Copépode
Copépode
Casal em cópula.

Copépode

Casal em cópula.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Oncaea media
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: dic, planctônico, cebimar-usp, adulto
Ciliado tintinídeo com lórica aglutinante
Ciliado tintinídeo com lórica aglutinante

Ciliado tintinídeo com lórica aglutinante

Autor: Inácio Domingos da Silva Neto
Táxon: Codonellopsis ostenfeldi
Tamanho: <0,1 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: mev, unicelular, planctônico, cebimar-usp
Ciliado peritríquio
Ciliado peritríquio

Ciliado peritríquio

Autor: Inácio Domingos da Silva Neto
Táxon: Vorticella oceanica
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: unicelular, planctônico, campo claro, cebimar-usp
Dinoflagelado
Dinoflagelado

Dinoflagelado

Autor: Inácio Domingos da Silva Neto
Táxon: Dinophysis
Tamanho: <0,1 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: unicelular, planctônico, campo claro, cebimar-usp
Dinoflagelado
Dinoflagelado

Dinoflagelado

Autor: Inácio Domingos da Silva Neto
Táxon: Balechina coeruleus
Tamanho: <0,1 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: unicelular, planctônico, campo claro, cebimar-usp
Larva de peixe
Larva de peixe

Larva de peixe

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Teleostei
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: larva, dic, planctônico, cebimar-usp
Larva actinotroca
Larva actinotroca
A maioria dos foronídios apresenta desenvolvimento indireto, com a formação de uma larva planctotrófica denominada actinotroca, que passa semanas na coluna d'água até assentar no habitat do adulto, que inclui tanto substratos consolidados quanto inconsolidados, dependendo da espécie.

Larva actinotroca

A maioria dos foronídios apresenta desenvolvimento indireto, com a formação de uma larva planctotrófica denominada actinotroca, que passa semanas na coluna d'água até assentar no habitat do adulto, que inclui tanto substratos consolidados quanto inconsolidados, dependendo da espécie.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Phoronida
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, dic, planctônico, cebimar-usp
Larva tornaria
Larva tornaria

Larva tornaria

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Hemichordata
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, dic, planctônico, cebimar-usp
Poliqueta espionídeo
Poliqueta espionídeo
Larva com seis segmentos.

Poliqueta espionídeo

Larva com seis segmentos.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Pseudopolydora rosebelae
Tamanho: 1,0 - 10 mm
Local: Praia do Sino, Ilhabela, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, dic, planctônico, cebimar-usp
Misidáceo
Misidáceo

Misidáceo

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Mysidopsis juniae
Tamanho: 1,0 - 10 mm
Local: Praia do Segredo, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: demersal, planctônico, campo claro, cebimar-usp, adulto
Hydromedusa
Hydromedusa

Hydromedusa

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Laodicea undulata
Tamanho: 10 - 100 mm
Local: Shirahama, Japão
Marcadores: planctônico, seto marine biological laboratory, cnidarian tree of life project, campo escuro, água-viva
Larva de poliqueta
Larva de poliqueta

Larva de poliqueta

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Chaetopterus
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Larva pilídio
Larva pilídio

Larva pilídio

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Nemertea
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, dic, planctônico, cebimar-usp
Zoea - larva de um caranguejo porcelanídeo
Zoea - larva de um caranguejo porcelanídeo

Zoea - larva de um caranguejo porcelanídeo

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Porcellanidae
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Larva de tamburutaca
Larva de tamburutaca
.

Larva de tamburutaca

.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Stomatopoda
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Ctenóforo
Ctenóforo

Ctenóforo

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Beroe ovata
Tamanho: 10 - 100 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctônico, macrofotografia, cebimar-usp, adulto
Larva pelagosfera
Larva pelagosfera
Denominadas pelagosferas, as larvas de muitas espécies de sipuncúlidos são transparentes e nadam livres na água por meses antes de se transformarem no adulto, que tem aspecto vermiforme e vive enterrado na areia ou lodo.

Larva pelagosfera

Denominadas pelagosferas, as larvas de muitas espécies de sipuncúlidos são transparentes e nadam livres na água por meses antes de se transformarem no adulto, que tem aspecto vermiforme e vive enterrado na areia ou lodo.

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Sipunculidae
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Larva mitrária
Larva mitrária

Larva mitrária

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Oweniidae
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, dic, planctônico, cebimar-usp
Larva plúteos de bolacha-do-mar
Larva plúteos de bolacha-do-mar

Larva plúteos de bolacha-do-mar

Autor: Bruno C. Vellutini
Táxon: Clypeaster subdepressus
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, confocal, larva, planctônico
Hidromedusa
Hidromedusa

Hidromedusa

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Corymorpha bigelowi
Tamanho: 1,0 - 10 mm
Local: Shirahama, Japão
Marcadores: planctônico, seto marine biological laboratory, cnidarian tree of life project, água-viva, macrofotografia
Larva plúteos de bolacha-do-mar
Larva plúteos de bolacha-do-mar
Larva com 6 braços.

Larva plúteos de bolacha-do-mar

Larva com 6 braços.

Autor: Bruno C. Vellutini
Táxon: Clypeaster subdepressus
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: CEBIMar, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, planctônico, campo escuro
Larva de estrela-do-mar (bipinária)
Larva de estrela-do-mar (bipinária)

Larva de estrela-do-mar (bipinária)

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Asteroidea
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Plúteus
Plúteus

Plúteus

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Lytechinus variegatus
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: larva, planctônico, campo escuro, cebimar-usp
Larva zoeae
Larva zoeae

Larva zoeae

Autor: Alvaro E. Migotto
Táxon: Decapoda
Tamanho: 0,1 - 1,0 mm
Local: Canal de São Sebastião, São Sebastião, SP, Brasil
Marcadores: planctotrófica, larva, planctônico, campo escuro, cebimar-usp

Plâncton: pequenos gigantes

<p>Embora geralmente pequenos em tamanho, os seres planctônicos são verdadeiros gigantes em importância. Base das cadeias alimentares marinhas, o plâncton (do grego <em>planktós</em>, errante) compreende uma diversidade fantástica de organismos uni e multicelulares que vivem dispersos na água. Essa comunidade é composta em grande parte por seres com menos de 0,01 mm a poucos centímetros, mas existem exceções marcantes como as águas-vivas e a caravela-portuguesa, que podem atingir metros de comprimento. Muitos nadam bem, mas não o suficiente para vencer a força das águas. Por isso, eles vagam livremente, sendo transportados pelas correntes marinhas.</p> <p>Além de pequenos, os planctontes são também transparentes ou translúcidos, e passam facilmente despercebidos por nós ― observá-los exige o uso de microscópios e aparatos especiais de captura, as redes de plâncton. Contudo, eles são muito abundantes e se reproduzem com uma rapidez incrível. Um litro de água do mar pode conter dezenas de milhares desses pequenos organismos. Muitos deles são produtores primários, isto é, realizam fotossíntese, e são denominados de <em>fitoplâncton</em>. Os fitoplanctontes, que incluem vários grupos de "microalgas", vivem apenas nas camadas superiores e iluminadas dos oceanos. Produzem grande parte do oxigênio atmosférico, além de servir como alimento para uma parcela do plâncton incapaz de obter energia diretamente da luz do sol e que depende deles para sobreviver, o <em>zooplâncton</em>. </p> <p>Além de se alimentarem de fitoplâncton, as espécies de zooplâncton podem consumir bactérias e material orgânico particulado. E, por sua vez, servem de alimento para organismos maiores, incluindo outras espécies de zooplâncton, peixes e até baleias.</p> <p>Muitos organismos passam todo o seu ciclo de vida no plâncton, como os unicelulares e espécies de invertebrados: copépodes, moluscos, crustáceos, poliquetas etc. Mas a comunidade planctônica é composta também pelas larvas de invertebrados e de certos peixes, cujos adultos habitam o fundo do mar ou a coluna de água (veja o tour <a href="/web/20130606133023/http://cifonauta.cebimar.usp.br/tour/larvas-marinhas/">Larvas Marinhas</a>). </p> <p>Os seres do plâncton vivem em um mundo fisicamente diferente do que estamos acostumados. Nesse meio, a força da viscosidade da água impera sobre os seus corpos microscópicos, que têm "dificuldade" para se deslocar. Para entender melhor esse fenômeno, imagine-se em uma piscina de melado, onde só é possível nadar ou mexer qualquer parte de seu corpo em câmara lenta. É neste tipo de ambiente que os organismos planctônicos obtêm alimento e se reproduzem há milhões de anos.</p>

Ficha Técnica